Review: Shingeki no Kyojin (Primeira fase – anime) – 89/100

Este review se baseia até o episódio treze do anime Shingeki no Kyojin. Pode haver spoiler então caso não tenha visto ainda, não diga que não avisei.

Hype gigante, titãs gigantes, muralhas gigantes, tudo gigante em Shingeki no Kyojin. Mas será que vale?

Sekai Ichi Hatsukoi – 01

“Bakuman Yaoi”, como será (?) chamado por alguns me surpreendeu muito. O episódio passou tão rápido que quando o encerramento tocou, soltei um “Já?!” desapontado. Sobre o episódio, achei bom. Muito melhor do que imaginava que ia ser, pra ser bem sincera. Não gosto muito do estúdio DEEN e pelo que havia visto no OVA, achei que o anime seria muito ruim comparado ao mangá e pior, a Junjou Romantica, o único yaoi que gosto (Fora Sekaiichi) e que acho muito bom. Porém, esse primeiro episódio me provou o contrário. Gostei da comédia e o final foi (para quem percebeu) um bom cliffhanger.

Agora, resta esperar próxima sexta…Estou ansiosa!

Abertura: Ah, não gostei não. (Nota: 5)

Encerramento: Eh…Música ruim mas imagens até que boas! (Nota: 6)

Classificação: *** (Excelente)

Review: Kimi ni Todoke II – 86/100

Kimi ni Todoke é um verdadeiro fenómeno no Japão. Foi o terceiro mangá com a maior vendagem no ano passado, tendo orgulho de ter vendido mais de 1 milhão de cópias, o que é difícil para um shoujo. Com o sucesso, veio a primeira temporada do anime. Contendo 24 episódios + recapitulação, sem surpresas, foi um sucesso, tendo uma audiença modesta: não passava dos 2 pontos. Então, depois de meses, rumores sobre uma nova temporada começaram a circular após o diretor de Mobile Suit Gundam 00 soltar que Nagasaki Kenji – um funcionário da MadHouse – estava trabalhando arduamente no Storyboard da segunda temporada de Kimi ni Todoke. Tempo depois, a confirmação veio a tona: Em janeiro de 2011, Kimi ni Todoke ganharia uma segunda temporada. Os fãs ficaram ansiosos, contando os meses para janeiro. E finalmente chegou.
Com 12 episódios + uma recapitulação, a segunda temporada de KnT (como chamarei daqui para frente) foi, novamente, um sucesso, passando os 3 pontos de audiença (no caso do episódio 9). E infelizmente, acabou.

Agora vem as minhas considerações sobre essa temporada de KnT: Com o começo um pouco lento, muitas pessoas estavam reclamando que a segunda temporada estava pior que a primeira. Porém, eu discordava disso: KnT sempre foi lento! Mas não que isso seja algo ruim. Não no caso de Knt, pelo menos.
Essa segunda temporada foi cheia de altos e, infelizmente, alguns pequenos baixos. Mas valeu totalmente a pena. Eu chorei, ri, fiquei aflita,sorridente, leve, tudo que sinto quando realmente ligo-me a um anime. A Production I.G está de parabéns novamente pelo cuidado com o cenário, as músicas e o character design. E os personagens, bem, não há muito o que falar: continuam ótimos como na primeira temporada. Apesar de alguns ainda faltarem uma profundidade – Sim, estou falando de Kazehaya.
Os momentos marcantes foram, com certeza, a declaração de Sawako e as mil e umas de Kazehaya, a chegada de um rival(?) como o Miura, a aprofundação na relação entre Chizuru e Ryuu, os momentos engraçados de Pin, entre outros. Melhores episódios? Bem, considero o
quarto, nono, décimo, décimo primeiro, décimo segundo, quinto e sexto episódio como os melhores.
Infelizmente, provavelmente teremos que esperar mais um ano para uma possível nova temporada. O mangá de KnT será publicado pela Panini provavelmente em Abril e concerteza conseguirá mais fãs. Recomendo e muito Kimi ni Todoke para quem gosta de um bom romance, leve e com pitadas de comédia. Sentirei saudades…

Personagens: 8/10
Ambiente/Cenário da História: 8.5/10
Músicas: 9.5/10
História: 9/10
Valores de Produção: 9.5/10

Nota do Anime: 86/100

Beelzebub volta a passar no Japão!

Foi anunciado pelo twitter oficial de Beelzebub que os produtores conseguiram resolver o problema que tinha para transmitir o anime, interrompido desde o dia que aconteceu o terremoto no Japão. Agora ele voltará a passar normalmente no Japão a partir do dia 27/03.

Parece tudo resolvido, mas ainda tem mais um probleminha… O anime não vai recomeçar de o­nde parou, e sim pular os episódios 10 e 11 (o que era para passar nas últimas semanas) para transmitir logo de cara o 12. O 10 utiliza uma história original que não tem no manga, mas o 11 utiliza o capítulo da práia (deve ser esse o problema) que tem o papel importante de apresentar um novo personagem da série.

Ainda não dá para saber o que vai acontecer com esses dois episódios, mas seria desperdício de tempo e dinheiro para descartar assim, então talvez o estúdio Pierrot possa estar trabalhando para refazer as cenas que tiveram problema para poder mostrar mais tarde na tv.

(Fonte: Animeblade)

Prólogo!

Olá a todos! Eu sou Rah, uma otaku (ou na verdade uma Otome, mas no Brasil é comum usarem otaku para ambos os sexos…) que luta todos os dias para sobreviver nesse mundo louco! É a primeira vez que faço um blog ou qualquer coisa do gênero, então rezo para que dê certo. Ai você se pergunta:

“Mas afinal, o que vai ser tratado nesse blog?!”
E eu te respondo:
Irei comentar sobre tudo que envolve o gosto otaku: animes, mangás, notícias bombásticas (em geral, não só animes e mangás), entre outros. Além disso, farei reviews sobre animes e resenhas sobre mangás.

Agora, algumas informações especiais sobre meus gostos:
Eu não sou narutard, one piecetard ou bleachtard, para inicio de conversa. Na verdade, eu mal leio mangás no gênero SHOUNEN. Por isso, não esperem que eu faça posts dizendo como Bleach, Naruto ou One Piece são obras de arte, porque em minha humilde opinião, eles não são.
Mas é melhor não entrar nesse assunto agora…
Meu gosto para animes e mangá é extremamente amplo: gosto de shoujo, josei, seinen, shounen…Só existe uma coisa que não suporto em animes/mangás: shota. De resto, não existe nenhum preconceito (apenas um pouquinho com shounen, mas…)
Alguns animes que gosto são Cowboy Bebop, Code Geass, Gundam, Detective Conan, Evangelion, Bakemonogatari, Katanagatari, Fullmetal Alchemist, entre outros.
E mangás, bem, alguns são: Nodame Cantabile, Honey & Clover, Gantz, Fullmetal Alchemist, Detective Conan, Black Bird, Black Jack, Rurouni Kenshin (ou pros brasileiros e americanos Samurai X), Inu Yasha, Ranma 1/2, entre outros (vários e vários)
Deu pra ver que gosto muito de Detective Conan e Fullmetal alchemist, não é? O primeiro eu realmente gosto MUITO, é um clássico e infelizmente pouquissimos brasileiros conheçem. Uma pena, pois tanto o mangá quanto o anime são muito bons… O segundo é bem conheçido no Brasil: o primeiro anime passou tanto na TV aberta quanto na por assinatura, mangá em publicação aqui e segundo anime em breve no Animax. É, Fullmetal Alchemist é uma febre. E eu amo.

Próximo post sairá hoje mesmo ou amanhã. Depende se vai dar tempo!
Então, por enquanto, bye bye!