Arakawa Under the Bridge terá filme e série live-action!


A nova edição da Young Gangan, da Squere-Enix, anunciou que no verão desse ano terá um dorama baseado no mangá Arakawa Under the Bridge, assim como um filme em 2012. Fiquei surpresa ao saber disso. Sou fã de Arakawa e estou anciosa para mais informações!

Anúncios

Review: Kimi ni Todoke II – 86/100

Kimi ni Todoke é um verdadeiro fenómeno no Japão. Foi o terceiro mangá com a maior vendagem no ano passado, tendo orgulho de ter vendido mais de 1 milhão de cópias, o que é difícil para um shoujo. Com o sucesso, veio a primeira temporada do anime. Contendo 24 episódios + recapitulação, sem surpresas, foi um sucesso, tendo uma audiença modesta: não passava dos 2 pontos. Então, depois de meses, rumores sobre uma nova temporada começaram a circular após o diretor de Mobile Suit Gundam 00 soltar que Nagasaki Kenji – um funcionário da MadHouse – estava trabalhando arduamente no Storyboard da segunda temporada de Kimi ni Todoke. Tempo depois, a confirmação veio a tona: Em janeiro de 2011, Kimi ni Todoke ganharia uma segunda temporada. Os fãs ficaram ansiosos, contando os meses para janeiro. E finalmente chegou.
Com 12 episódios + uma recapitulação, a segunda temporada de KnT (como chamarei daqui para frente) foi, novamente, um sucesso, passando os 3 pontos de audiença (no caso do episódio 9). E infelizmente, acabou.

Agora vem as minhas considerações sobre essa temporada de KnT: Com o começo um pouco lento, muitas pessoas estavam reclamando que a segunda temporada estava pior que a primeira. Porém, eu discordava disso: KnT sempre foi lento! Mas não que isso seja algo ruim. Não no caso de Knt, pelo menos.
Essa segunda temporada foi cheia de altos e, infelizmente, alguns pequenos baixos. Mas valeu totalmente a pena. Eu chorei, ri, fiquei aflita,sorridente, leve, tudo que sinto quando realmente ligo-me a um anime. A Production I.G está de parabéns novamente pelo cuidado com o cenário, as músicas e o character design. E os personagens, bem, não há muito o que falar: continuam ótimos como na primeira temporada. Apesar de alguns ainda faltarem uma profundidade – Sim, estou falando de Kazehaya.
Os momentos marcantes foram, com certeza, a declaração de Sawako e as mil e umas de Kazehaya, a chegada de um rival(?) como o Miura, a aprofundação na relação entre Chizuru e Ryuu, os momentos engraçados de Pin, entre outros. Melhores episódios? Bem, considero o
quarto, nono, décimo, décimo primeiro, décimo segundo, quinto e sexto episódio como os melhores.
Infelizmente, provavelmente teremos que esperar mais um ano para uma possível nova temporada. O mangá de KnT será publicado pela Panini provavelmente em Abril e concerteza conseguirá mais fãs. Recomendo e muito Kimi ni Todoke para quem gosta de um bom romance, leve e com pitadas de comédia. Sentirei saudades…

Personagens: 8/10
Ambiente/Cenário da História: 8.5/10
Músicas: 9.5/10
História: 9/10
Valores de Produção: 9.5/10

Nota do Anime: 86/100

Kimi ni Todoke II : 11 e 12 – Depois do Festival e Uma Pessoa Importante (END)


Ok, eu admito: chorei assistindo os dois últimos episódios (em sequência) de Kimi ni Todoke II. Infelizmente, essa temporada do anime não terá 24 episódios como a outra, mas acho que 12 episódios foi a escolha perfeita. Tivemos fofura, drama, mais fofura, comédia, fofura novamente, e tudo mais que KnT tem de melhor. Ah, comentei que tem fofura?
Perdi as contas de quantas vezes Kazehaya ficou vermelho, Sawako também e quantas vezes o pobrezinho teve que declarar para a classe (ou classes, no caso do episódio 12) que ele sempre gostou da Sawako e que agora, ela era sua namorada. Tenho dó desses dois!
O episódio 11 se passa após o festival (como diz o título) e mostra Kazehaya pedindo realmente Sawako em namorodo após um “pequeno” mal entendido causado por ninguém menos que Pin. Além de várias declarações publicas via Kazehaya do amor entre ele e Sawako (pressionado pelos amigos de sala), Miura desistindo de seu amor (?), Pin sendo engraçado e a tristeza de Kurumi (apesar de não mostrar direito) por ter perdido Kazehaya. Isso só desenvolve-se no episódio 12, onde ainda temos uma declaração de Ryuu para Chizuru e ao invés de um encerramento, cenas mostrando um encontro entre Kazehaya e Sawako. Nunca vi tanta fofura em um anime quanto Kimi ni Todoke nesses últimos dois episódios.
Daqui a pouco, um review sobre a segunda temporada desse shoujo magnifico. Ah, eu disse que é cheio de fofura?

Classificação: Episódio 11 – ***** (Maravilhoso)
Episódio 12 – ***** (Maravilhoso)

Ex-Vice-Presidente José Alencar falece em São Paulo


Acabei de ouvir a terrível música do “Plantão” e já sabia que alguma tragédia havia acontecido, porém, não imaginava que iria-se noticiar a morte do ex vice presidente José Alencar (79 anos). Foram 13 anos de luta contra um câncer e Alencar sempre demonstrava otimismo. Deixo meus pêsames a família do ex-vice-presidente e que ele descanse em paz.

Ranking do New York Times – 13 a 19 de Março


Sim, eu usei a mesma imagem da semana passada. Sabem por que? O ranking NÃO MUDOU praticamente NADA. Ainda temos Naruto em primeiro lugar e Black Bird em sexto, mas de resto mudou um pouquinho: Black Butler mudou de quinto para quarto; Bleach foi para terceiro; Soul Eater foi para quinto e a maior mudança: De décimo lugar, Hetalia pulou para sétimo. É o efeito Hetalia no ranking americano. Segue a lista abaixo:

1. Naruto #50 [Não Mudou] – Masashi Kishimoto
2. Yu-Gi-Oh! GX #6 [Semana passada estava em: terceiro lugar] – Kazuki Takahashi
3. Bleach #34 [Semana passada estava em: segundo lugar] – Tite Kubo
4. Black Butler #4 [Semana passada estava em: quinto lugar] – Yana Toboso
5. Soul Eater #5 [Semana passada estava em: quarto lugar] – Atsushi Ohkubo
6. Black Bird #7 [Não Mudou] -Kanoko Sakurakoji
7. Hetalia Axis Power #2 [Semana passada estava em: décimo lugar] -Hidekaz Himaruya
8. Death Note Black Edition #1 [Entrou na lista esta semana] -Tsugumi Ohba, Takeshi Obata
9. Dogs #5 [Semana passada estava em: sétimo lugar] – Shirow Miwa
10. Black Butler #1 [Semana passada estava em: nono lugar] – Yana Toboso

Beelzebub volta a passar no Japão!

Foi anunciado pelo twitter oficial de Beelzebub que os produtores conseguiram resolver o problema que tinha para transmitir o anime, interrompido desde o dia que aconteceu o terremoto no Japão. Agora ele voltará a passar normalmente no Japão a partir do dia 27/03.

Parece tudo resolvido, mas ainda tem mais um probleminha… O anime não vai recomeçar de o­nde parou, e sim pular os episódios 10 e 11 (o que era para passar nas últimas semanas) para transmitir logo de cara o 12. O 10 utiliza uma história original que não tem no manga, mas o 11 utiliza o capítulo da práia (deve ser esse o problema) que tem o papel importante de apresentar um novo personagem da série.

Ainda não dá para saber o que vai acontecer com esses dois episódios, mas seria desperdício de tempo e dinheiro para descartar assim, então talvez o estúdio Pierrot possa estar trabalhando para refazer as cenas que tiveram problema para poder mostrar mais tarde na tv.

(Fonte: Animeblade)